Teatro Aveirense

back

António Marinho da Silva

Øcre

22 de janeiro

Bilheteira Online

ØCRE pertence a uma trilogia de discos que parte da reflexão artística sobre a influência de 3 cores: vermelho, preto e o branco. Este sistema ternário de cores representa desde a Antiguidade Clássica um papel simbólico, presente praticamente em todas as culturas.  
 
Perceber a cor — as cores — e o seu simbolismo, representados desde a pintura ao cinema, da literatura ao teatro, é perceber também a Humanidade, de onde vimos e para onde vamos. Sendo esta uma das minhas questões fundamentais, uma das minhas maiores inquietações, a cor e música passam a estar intimamente ligadas naquilo que é o meu universo simbólico-artístico.  
 
Somos atraídos pela cor, forma, textura, harmonia de uma dada obra de arte, o que significa que primeiro fomos cativados pela obra e só depois equacionamos a sua essência e valor.  
 
Enquanto criador pretendo despertar este interesse no ouvinte, nos sons que escuto e que escrevo, na organização do caos pré-composicional ou na destruição da suposta ordem esperada. Compor ou estar em frente ao piano implica antes demais, saber escutar o passado, estar atento à primeira manifestação de arte que sabemos existir, conseguir recuar e continuar a ser um elo desse primeiro golpe de asa que nos elevou da condição animal e nos colocou na condição de deuses. Com a arte descobrimos a forma de representar os nossos mitos, torná-los visíveis e palpáveis.  
 
Espero que hoje parte dos mitos de que sou feito seja partilhada por quem escuta este disco — ØCRE — o pigmento que está presente desde o nascimento da arte, nas primeiras representações pictóricas e esculturais, ganha uma dimensão sonora.  
 
Filipe Raposo

Bilheteira Online

Ficha Técnica
Filipe Raposo - composição e piano
Alzira Arouca - Produção

Preço
5€

M/6