Teatro Aveirense

back

Estágio de Dança regressa a Aveiro

Data publicação — 23 Maio 2022

Estágio de Dança regressa a Aveiro
O Estágio de Dança regressa a Aveiro entre os próximos dias 28 de junho e 2 de julho. Organizado pelo Teatro Aveirense, o evento volta a contar com Victor Hugo Pontes na curadoria e propõe um conjunto de formações para grupos a partir dos 10 anos de idade, tanto de dança clássica como de contemporânea.

A iniciativa atinge este ano a sua 26a edição e volta a distribuir-se por vários espaços de Aveiro, numa celebração da dança que convoca profissionais e amadores. As inscrições estão abertas até ao dia 26 de junho, podendo ser realizadas na bilheteira do Teatro Aveirense ou através do link https://bit.ly/EDA_inscriçao. Informações adicionais poderão ser obtidas através do email agenio@cm-aveiro.pt. Existe um desconto de 20% para quem se inscreva até 10 de junho, assim como para elementos das escolas de dança de Aveiro e para residentes e/ou naturais de Aveiro.

Para a edição de 2022 o evento renova as parcerias com a Companhia Nacional de Bailado e o Gaga Movement, mantendo-se também o seu carácter diverso, quer na amplitude da oferta formativa quer no público a que se dirige. Ao longo de uma semana, haverá aulas técnicas de dança clássica e de dança contemporânea, podendo os participantes complementar ainda a sua prática com um laboratório criativo, onde terão a oportunidade de trabalhar diretamente com um coreógrafo, acedendo a metodologias de composição e a processos criativos, aproximando-se assim de uma experiência artística total. O resultado final destes laboratórios terá uma apresentação pública em palco, marcada para 2 de julho na Praça da República.

Entre os formadores estão nomes conceituados nas suas áreas, podendo-se contar com Beatriz Valentim (Dança Contemporânea e Ateliê Criativo), Carla Pereira (Dança Clássica), Cristina Planas Leitão (Flying Low by David Zambrano), Hugo Marmelada (Laboratório Criativo e Gaga/People + Jam), João Cardoso (Dança Contemporânea), Gustavo Monteiro (Dança Contemporânea) e Susana Matos (Dança Clássica), além do próprio Victor Hugo Pontes (Laboratório Coreográfico). 

O Estágio de Dança 2022 conta ainda com um programa paralelo, que contempla uma conversa com os formadores presentes nesta edição, a exibição do documentário "Irmãos", sobre o espetáculo desenvolvido por Victor Hugo Pontes a partir de um texto de Gonçalo M Tavares, uma sessão das Conversas do Aveirense intitulada “Dançar Primeiro Pensar Depois” e a apresentação dos trabalhos resultantes da Open Call lançada pelo Estágio de Dança em abril, a partir da qual foram selecionados dois projetos, ambos contemplados com um apoio de 1000 euros e um programa de consultoria artística para o seu desenvolvimento. 

Mais informações em www.teatroaveirense.pt.