Teatro Aveirense

back

Aveiro_Síntese 2022

19 a 29 de maio

Bilheteira Online

Numa edição mais focada no presente do que no passado recente, a Bienal Aveiro Síntese 2022 apresenta um conjunto de nove concertos, duas instalações e oficinas, privilegiando a performance. Abrindo com um concerto multimédia (Joanna Bailie na tela), segue-se um momento de reflexão sobre o património histórico da música acusmática, com a apresentação de um programa pensado por Pedro Bento, em torno do Poème Electronique, de E. Varèse. Outra obra histórica essencial em destaque é a Mikrophonie I, de K. Stockhausen, que o Clamat – colectivo variável apresentará com a imprescindível colaboração de Nádia Carvalho, na electrónica. A participação de jovens músicos em formação tem sido uma constante nas bienais da Arte no Tempo e esta edição da Aveiro_Síntese não lhe foge à regra, com um coro da Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro que apresenta em estreia absoluta a versão integral de uma obra de Mariana Vieira, vários alunos do ensino artístico especializado e do ensino profissional a estrear obras para instrumento solo e eletrónica, assim como a interpretar obras de conjunto, e mais uma dupla de jovens músicos a estrear obras compostas para eles mesmos.
Além das estreias absolutas de compositores portugueses, o programa da A_S 2022 conta ainda com a estreia nacional de obras de Clara Iannotta, Joanna Bailie e Simon Steen-Andersen, três compositores “estrangeiros em Berlim” (cidade em que residem), a que o ars ad hoc dedica a sua passagem pela bienal.
O evento encerra com um concerto em que a Orquestra das Beiras e um grupo de jovens provenientes de diferentes escolas de todo o país são dirigidos por Rita Castro Blanco, assinalando o dia em que se celebra o centenário do nascimento de Iannis Xenakis. 

A bienal Aveiro Síntese é um projeto da Arte no Tempo, produzido em parceria com o Teatro Aveirense, com o apoio da Direção Geral das Artes e da Câmara Municipal de Aveiro.
 

Bilheteira Online

Ficha Artística
Joanna Bailie
Carlos Santos
ars ad hoc
Nuno Aroso
CLAMAT – colectivo variável
Jonathan Silva
Ana Margarida Lamelas
Francisco Martins
Orquestra das Beiras
Rita Castro Blanco
Pedro Bento
Nádia Carvalho

M/6

Preço: 3€