Teatro Aveirense

back

Conversas do Aveirense

25 de setembro

Quais são os afluentes do Teatro Aveirense? Onde nascem os espetáculos que desembocam nos palcos de Aveiro? E que caminhos são percorridos até as ideias ganharem forma?

As Conversas do Aveirense são mesas-redondas dedicadas a um tema ou a um criador, explorando a relação entre a programação do Teatro Aveirense e o contexto cultural global, com o objetivo duplo de rever rumos traçados e traçar novos rumos.

O programa das Conversas do Aveirense pretende fazer correr livremente o fluxo de ideias, abrindo as portas à reflexão sobre as políticas, técnicas e estéticas da criação cénica e artística. Em ano(s) de aniversário, crise pandémica e urgência climática, a pergunta “Qual é a cena?” salta da conversa comum para o centro do debate público. Após cada conversa, o público é convidado a assistir ao espetáculo em cartaz no Aveirense.

O tema deste dia é:
Teatro e Memória da Indústria
Com o espetáculo -  As Sete Vidas da Argila Como Boca-de-Barro ganhou o seu apelido

Painel de participantes:

Bruno Martins, criador de Paisagens Efémeras, Teatro da Didascália 
Isabel Craveiro, encenadora de De portas abertas, O Teatrão
José Alberto Ferreira, Director Artístico da Fundação Eugénio de Almeida
Ricardo Correia, autor de Termotebe
Sandra Pinheiro, autora de Emprateleirados
Sara Barros Leitão, criadora de Cada um sabe onde lhe aperta o seu sapato

Moderação de Inês Nadais, jornalista do Jornal Público 




Próximas conversas: 

03/11/2021
Circo

04/12/2021
Redes de Cultura: as cidades como centros de criação e difusão

29/01/2022
Realidade como Ficção

12/02/2022
Pop Afro-Portuguesa   

05/03/2022
Intervenção Cultural e Artística

 02/04/2021
A Escrita Cénica de Gonçalo M. Tavares


 
Gratuito