Saltar para conteúdo Mapa do site

Página inicial Teatro Aveirense

back

Pippo Delbono no Teatro Aveirense

Data publicação — 2 Novembro 2022

Pippo Delbono no Teatro Aveirense

O Teatro Aveirense recebe nos dias 15 e 16 de novembro o espetáculo Amore, do italiano Pippo Delbono. Uma obra que assume várias geografias e onde a música tem um papel relevante, contando no seu elenco com figuras como Aline Frazão e Pedro Jóia.

Esta é uma obra influenciada pela pandemia e pelo isolamento que esta causou, deixando para trás os sentimentos que deviam unir todos. Mas, a partir daí, tudo se torna mais complexo, metafórico e poético. Amore é uma viagem musical e lírica através de uma geografia externa – Portugal, Angola e Cabo Verde – e uma interna, a das cordas da alma que vibram com a mínima batida de vida. As notas são as melancólicas do fado, que explodem em impulso energéticos através da voz dos seus cantores, bem aberta, chegando a todos os cantos da sala; o ritmo ora de uma parada, ora de um tableau vivant, ora de uma lenta procissão; a imagem é um quadro que muda de cores, aquece e arrefece.

E há, depois a palavra poética, restituída através do quente registo do artista da Ligúria com o seu habitual, hipnótico, cantarolar ao microfone. As palavras são de Carlos Drummond De Andrade, Eugénio De Andrade, Daniel Damásio, Ascensão Filipe, Sophia de Mello Breyner Andresen, Jacques Prévert, Reiner Maria Rilke e Florbela Espanca.

Amore estreou em Modena, Itália, em outubro de 2021 e tem estado a ser apresentado em diversas cidades europeias desde então.